Esta página web usa cookies para que possas desfrutar de uma ótima experiência de usuário e para que possamos entender como usas a web. Se consentes o uso de cookies para esta página web, continua a navegar com normalidade. Podes encontrar mais informação sobre as cookies que usamos e configurar o seu uso visitando a nossa página de configuração de cookies.

Blog

Posso comer queijo se estou a fazer dieta?

Queijo cheddar

São muitas as pessoas que não conseguem resistir ao sabor único e delicioso do queijo, um produto que forma parte da nossa alimentação diária mas que nem sempre sabemos com exatidão o que aporta à nossa saúde. Além disso, é um desses alimentos que quando estamos a fazer dieta não sabemos muito bem se o deveríamos comer ou não. A resposta é simples: sim, pode comer-se queijo quando se está a fazer dieta uma vez que aporta numerosos nutrientes: contem fósforo, cálcio e proteínas, portanto ajuda a manter uma vida saudável. O truque está em fazer um consumo cuidado. Explicamos-te:

Um exemplo fácil, o queijo cheddar comum que se inclui em muitas das nossas refeições diárias, tem cerca de 9 grs de gordura por onça. Se estamos acostumados a deitar um pouco deste queijo na pizza ou numa omelete, ou se não paramos de juntá-lo a um prato de pasta, estamos a fazer um consumo excessivo. Portanto, em todos os casos, devemos ser responsáveis e não exagerar.

Se bem que limitar um pouco o consumo é importante, isto não é a única coisa que devemos ter em conta.

No mercado há muitos tipos de queijos e nem todos têm o mesmo conteúdo de gordura. Durante as épocas de treino e dieta, é melhor saber bem que queijos se devem consumir.

A ideia principal baseia-se sempre em eleger aqueles que têm menos gorduras.

Por exemplo, o queijo creme desnatado é um alimento excelente para o pequeno almoço ou para aperitivo e tem muito pouca gordura. É um ingrediente perfeito se desejas comer um cheescake baixo em gordura para saciar um desejo de doces. Por outro lado, o queijo ricotta desnatado ou semidesnatado também é um excelente aliado para o teu regime porque tem um grande conteúdo proteico mas pouca gordura e sódio.

Se gostas de saladas, experimenta usar um queijo fresco magro ou o queijo de burgos desnatado, que tem muito sabor e não engorda. Estes últimos têm uma grande vantagem: são muito saciantes. Para as pizzas ou sandes, podes usar o queijo suíço semidesnatado; que te aportará 5% de gorduras e é um alimento muito versátil.

Em algumas famílias, o queijo costuma ser o ingrediente central de algumas refeições. Se este é o teu caso, é recomendável mudar um pouco os costumes e usá-lo mais como um complemento ou como decoração de outros pratos. Para isso, recomendamos-te usar os queijos mais fortes como o gorgonzola ou o delicioso parmesão, ambos típicos de Itália. Estes são muito saborosos mas também com valores muito altos de gordura, razão pela qual é mais adequado limitar o seu consumo de maneira inteligente sem os usar em todas as refeições.

O queijo, consumido em quantidades moderadas e combinado com um treino físico, pode chegar a proporcionar-te grandes benefícios já que, entre outras coisas, é rico em ácido linóleico (ómega 3) que te ajuda a reduzir o risco de doenças crónicas e a manter-te longe do cancro; também é um ajudante excelente para o teu sistema cardiovascular e reprodutivo e, como se fosse pouco, favorece o crescimento celular porque tem vitamina D e A, dois elementos chave para melhorar a tua visão e favorecer o teu sistema imunitário. Anima-te a consumir esta delicia incluindo-a na tua dieta diária de maneira responsável e inteligente, enriquecerás as tuas refeições e ajudar-te-á a que te sintas forte devido às suas proteínas.

Virgin Active
#AlwaysDiscovering

Comentários ()