Esta página web usa cookies para que possas desfrutar de uma ótima experiência de usuário e para que possamos entender como usas a web. Se consentes o uso de cookies para esta página web, continua a navegar com normalidade. Podes encontrar mais informação sobre as cookies que usamos e configurar o seu uso visitando a nossa página de configuração de cookies.

Blog

O nosso corpo pede sempre mais

O nosso corpo pede sempre mais

Com um treino de força, conseguimos alterar as funções nervosas e consequentemente as energéticas do nosso corpo. O metabolismo fica mais acelerado e consequentemente o dispêndio energético global aumenta.

Se pensarmos bem, apenas passamos 3% a 5%  das nossas 24 horas diárias a  fazer exercício físico.  Acham que os resultados são alcançados somente pelo que se faz durante esses 3% a 5% do seu tempo diário no ginásio? Claro que sim, mas não só. O que acontece durante os restantes 97% a 95% do tempo é determinante. Mas a atitude e a predisposição são fundamentais, assim como um bom funcionamento do Sistema Nervoso Central (SNC).

Com exercícios de força conseguimos aumentar os efeitos do treino no durante e no pós-treino, um género de "paga o que deves". O SNC, vai controlar efetivamente os músculos, as energias necessárias e o consumo de oxigénio fundamental para este processo. O nosso corpo tenta pagar o que deve pelo deficit criado no treino até estabelecer um novo equilíbrio. E assim será, treino após treino.

Quanto aos exercícios específicos para tonificar zonas especificas, o nosso corpo não consegue decidir, quando utiliza as gorduras da zona abdominal e quando utiliza as das outras zonas. O corpo vai de forma eficiente utilizar as reservas energéticas para produzir força e posteriormente pagar o que deve e a quem mais deve e o mais rápido possível.
Não existe nenhum interruptor no nosso corpo que diz: "definir abdominais". Talvez o mais parecido seja um interruptor geral que diz: "utilizar as energias necessárias mais perto, para vencer o estimulo" Ou seja, o nosso SNC é que vai regular este processo garantindo que tudo funcione eficazmente (de qualquer maneira mas à sua maneira).
É por isso que a preservação e interpretação do SNC são determinantes.

Por pensar que o processo de prescrição é mais complexo do que simples, é que áreas como sistema nervoso, fisiologia articular e muscular e biomecânica, são áreas de conhecimento que devemos estar em continuo processo de aprendizagem.

Como Personal Trainer, recomendo que todo o processo mental da prescrição seja feito previamente antes de começar o que quer que seja.

"Juntos somos mais fortes"

Hugo Moniz
Personal Trainer
Virgin Active Palacio SottoMayor

Comentários ()