Esta página web usa cookies para que possas desfrutar de uma ótima experiência de usuário e para que possamos entender como usas a web. Se consentes o uso de cookies para esta página web, continua a navegar com normalidade. Podes encontrar mais informação sobre as cookies que usamos e configurar o seu uso visitando a nossa página de configuração de cookies.

Blog

Jogos Olímpicos: Taekwondo

Taekwondo

O Taekwondo é uma arte marcial elevada à categoria de desporto olímpico desde que, nas olimpíadas de Seul, em 1988, foi introduzido como desporto de demonstração, e oficializado a partir das olimpíadas de Sidney 2000. Deriva de artes marciais como o Kung Fu ou o Wu Shu chineses, o Taekkyon coreano e o Karate-do japonês, dos quais herda diversos tipos de golpes, bloqueios, posições e, inclusive, o sistema de graus por cinturões.

O Taekwondo baseia-se num estilo de combate que emprega diversas partes do corpo, mas nenhuma arma. A sua técnica fundamental é a percussão, para a qual se requer um grande treino de todos os grupos musculares. A técnica do Taekwondo caracteriza-se pelo uso massivo das pernas, e os pontapés de grande rapidez e precisão têm um protagonismo muito superior ao das restantes artes marciais. A utilização de técnicas de mãos está, cada vez mais, em desuso, ao estar muito restringido nas competições, onde os pés têm uma maior importância.

As técnicas que se empregam no Taekwondo podem classificar-se em:

  • Pontapés (chagui), executados sobre o tronco e a cabeça, a diferentes alturas e com variações, com rotações, em salto, de lado, etc.
  • Técnicas de golpeio efetuadas com diferentes partes do corpo (chigui), incluindo mão aberta e punho, e que variam em função da área com a que se realiza o golpe e a sua direção.
  • Bloqueios e defesas (maki), que permitem técnicas de defesa, em relação à direção e altura que provem o ataque. São técnicas muito variadas, que podem incluir uma defesa dupla (inclusive, um ataque simultâneo) e realizar-se com diferentes membros do corpo.
  • Técnicas de defesa (hoo sin sool), que podem incluir rasteiras, luxações, projeções, tesouras com os pés, pontapés e, inclusive, golpes em pontos vitais.
  • Posições (sogi), procuram a correta colocação do corpo e das pernas, para que o resto das técnicas sejam executadas com a máxima eficácia.

Para a prática de Taekwondo necessitarás do equipamento adequado, composto por duas peças: o Dobok, que consta de umas calças e de um casaco aberto ou fechado, em função da federação a que pertenças; e o Ti, o cinturão que indica o grau do praticante. Em relação às cores, o Dobok é totalmente branco, exceto no pescoço e zonas como o cós dos casacos e das calças, e pode incluir também bordados nas costas e logotipos no peito, braços ou pernas.

Em competição, é obrigatório o uso de proteções regulamentadas e a sua prática deve ser feita sobre uma superfície acolchoada, tipo tatami ou EVA. Existem duas federações: a WTF (World Taekwondo Federation) e a ITF (International Taekwondo Federation). Cada uma delas estabelece os seus graus de cinturões, que, em ambos os casos, partem da cor branca e culminam com o negro.

Os combates podem ganhar-se por pontos ou KO e alargam-se durante três rondas, de diferentes durações, em função da categoria. Os pontos são obtidos mediante qualquer golpe que contacte com força no corpo ou na cabeça e provoque deslocação, com diferente valoração, com base na técnica empregue é lugar impactado. Os golpes ilegais são penalizados.

Na competição olímpica destacam-se nomes como Steven López, Sarah Stevenson e Alexandras Nikolaidis, que participaram em quatro olimpíadas consecutivas.

Definitivamente, o Taekwondo é um desporto perfeito para o teu treino no ginásio, e que conta em Portugal com um amplo número de seguidores.

Virgin Active
#AlwaysDiscovering

Comentários ()