Esta página web usa cookies para que possas desfrutar de uma ótima experiência de usuário e para que possamos entender como usas a web. Se consentes o uso de cookies para esta página web, continua a navegar com normalidade. Podes encontrar mais informação sobre as cookies que usamos e configurar o seu uso visitando a nossa página de configuração de cookies.

Blog

Jogos Olímpicos: saltos em patinagem artística sobre o gelo

saltos-em-patinagem

Os saltos em patinagem sobre o gelo são um dos elementos mais visuais da atividade no seu conjunto, e desta especialidade olímpica em concreto. Duram poucos segundos, mas são fruto de uma técnica apurada que se consegue com muitas e muitas horas patinando nos centros desportivos habilitados para este desporto. Mas, sobretudo, com duros treinos no ginásio, que têm como principal objetivo tonificar e endurecer os principais grupos musculares destes desportistas para que nada falhe no momento decisivo de realizar os saltos.

Estes treinos são os que farão com que os teus saltos sejam precisos, harmoniosos e sem erros técnicos que possam ser penalizados pelo júri. Terás de preparar todo o teu corpo para que nada se malogre no momento decisivo da grande competição. E mais ainda, com respeito a outras atividades desportivas, de que a harmonia dos exercícios irá sincronizada com o repertório musical que seleciones para a tua atuação. Não terás outro remédio que exercitá-lo durante os treinos, já que formará parte dos mesmos. Pode praticar-se individualmente ou em pares.

Combinação de técnica e potência

A patinagem artística sobre o gelo requer a tua elevação no ar mediante o teu próprio impulso. Para que os saltos possam ser pontuados pelos júris terá que produzir-se pelo menos uma rotação. Para constatar a evolução que esta estética disciplina teve, que pode ser praticada por homens e mulheres, inclusive por pares, basta comprovar que os grandes campeões de patinagem sobre o gelo chegam a realizar até quatro rotações, cada vez com mais exigência. Algumas delas de uma complexidade extrema que só se consegue depois de muitos anos de treino. E claro está, muito amor e dedicação à patinagem.

Patinadores como Catherine Witt, Michelle Kwan, Eugeny Plushenko, Shizuka Arakawa ou o último campeão do mundo, o espanhol Javi Fernández, estão na mente de todos os bons seguidores dos desportos de inverno para demonstrar fielmente a veracidade do que estamos a dizer.

Como não podia ser doutra forma, para praticar esta modalidade é necessário que tenhas um bom estado físico. Não apenas uma técnica afinada da patinagem e dos saltos, mas também de treinos regulares que incorporem dança, ballet e ginásio. Será a melhor maneira para fortalecer todos os grupos musculares do teu corpo, e também para melhorar os exercícios no ringue. Servirão de complemento na preparação mais específica que terás de desenvolver.

Outro aspeto que não deves esquecer de nenhuma forma são os exercícios aeróbicos, tão necessários naqueles desportos nos quais prima a resistência. E que também estarão presentes nos teus treinos no ginásio, ainda que possas alterná-los com atividades ao ar livre, onde a corrida lenta e prolongada é a mais recomendada. Não obstante, se desejas aperfeiçoar-te como patinador sobre o gelo, terás a desculpa perfeita para combiná-los com exercícios anaeróbicos (pesos, máquinas ou outro qualquer que exija esforços curtos, mas sobretudo intensos). Desta forma, a tua massa muscular não se reduzirá e não comprometerá o desenvolvimento desta atividade. Ainda menos neste desporto no qual representa um papel muito importante.

Que partes do corpo deves fortalecer?

Durante as tuas visitas regulares ao ginásio deverás potenciar as partes do corpo que são mais necessárias para a prática da patinagem artística. Quais são? São fundamentalmente três: pernas, ancas e ombros. Basta que analises a exibição dos grandes campeões para que te dês conta desta necessidade. São os exercícios que te darão a potência necessária para desenvolver saltos e rotações. E não te esqueças, um bom treino no ginásio será o que determinará que actues com maior firmeza e segurança ante o espetáculo que farás pelo ar. O primeiro a ficar surpreendido serás tu. Para consegui-lo terás de dedicar muitas sessões a estes grupos de exercícios, mais das que imaginaste inicialmente.

Não terás outro remédio, cada vez que vás ao ginásio, que desenvolver cada um dos exercícios para fortalecer estas partes do corpo por separado. Cada um deles requer exercícios específicos. Podes dividi-los por dias e, desta forma, dedicar-te às pernas às segundas, às ancas, às quartas e aos ombros - para muitos o mais complicado - qualquer outro dia da semana. Qualquer desajuste na sua aplicação terá um efeito mais que negativo na tua preparação desportiva. A chave para uma excelente preparação física baseia-se numa atenção permanente às partes do corpo mais importantes para patinar sobre o gelo.

As 3 chaves para aperfeiçoar a tua preparação

Para praticar patinagem sobre o gelo, não deves deixar nada nas mãos da improvisação. Neste caso em particular ampliando a tua preparação a outras facetas menos frequentes no desporto, não se tratando só de uma disciplina eminentemente física, mas também artística. E cuja combinação será a que propicie que sobressaias sobre o resto cada vez que realizes esses saltos tão surpreendentes que maravilham a todos os seguidores desta disciplina. Para que consigas as tuas metas com maior facilidade seria muito recomendável que seguisses uma série de conselhos que te serão de grande utilidade a partir deste momento:

  • Consegue uma boa forma física que reforce tanto o funcionamento do teu sistema cardíaco como do respiratório. Principalmente no ginásio, mas também praticando outros desportos aeróbicos ao ar livre (correr, nadar, …).
  • Fomenta os exercícios pliométricos acima de tudo. Pode ser que este termo seja um pouco complicado, mas deverás saber que são fundamentais para realizar os saltos em patinagem porque melhoram a tua força explosiva até níveis insuspeitosos.
  • E por último, os de força, incidindo sobretudo nas pernas, e também os braços se vais praticar está especialidade em pares. O levantamento de pesos será praticamente indispensável para elevar a potência das extremidades.

As portas da patinagem estão abertas. Se te atrai este desporto, dedica-lhe tempo e esforço e conseguirás grandes satisfações.

Virgin Active
#AlwaysDiscovering

Comentários ()