Esta página web usa cookies para que possas desfrutar de uma ótima experiência de usuário e para que possamos entender como usas a web. Se consentes o uso de cookies para esta página web, continua a navegar com normalidade. Podes encontrar mais informação sobre as cookies que usamos e configurar o seu uso visitando a nossa página de configuração de cookies.

Blog

Jogos olímpicos: os benefícios da natação para as recuperações musculares

nadar

Sim, os Jogos Olímpicos atuais duram pouco mais de duas semanas. Cada uma delas tem o seu desporto rei. Na segunda semana o atletismo é o principal protagonista do evento, mas na primeira semana o mais seguido são as provas de natação. Existem várias modalidades, mas nós vamos centrarmos na piscina, que é o que analisaremos neste artigo. 

As provas de natação nas Olimpíadas começaram em 1896 em Atenas, mas simpatia homens. As mulheres foram incorporadas nesta disciplina em 1912. 

Até 1908, as diferentes provas disputavam-se no mar ou num lago artificial. A partir desta data passaram a realizar-se numa piscina. No entanto, a divisão em pistas não entrou em vigor até 1924. Nesta altura também se homologou que a piscina tivesse 50 metros de comprimento. 

Em 1956 os estilos ficaram como na atualidade e em 1976 já se permitiram óculos de natação nas provas

Existem figuras de renome mundial que conseguiram grandes façanhas. Aqui encontram-se nomes como Spitz ou Phelps e o recente aparecimento da nadadora que, quiças, maracará o futuro, Katie Ledecki.

Mas a melhor história, é a de Johnny Weismüller que nasceu na Roménia e emigrou para os Estados Unidos com sete anos. Foi o melhor nadador dos anos 20. Bateu 67 recordes mundiais e conseguiu cinco ouros é um bronze nos Jogos Olímpicos de 1924 e 1928. Essa medalha de bronze, conseguiu-a em waterpolo para aumentar mais ainda a sua lenda. 

No entanto, este nadador passou à história como ator. Interpretou Tarzan duas vezes. Recordamos cenas no rio com crocodilos onde Weismüller evocava o seu passado glorioso na piscina. 

A evolução da natação como desporto saudável 

Desde a época dos nossos avós já se reconheciam os benefícios da natação no estado de saúde das pessoas. 

Era um desporto com poucas lesões, inclusive a um nível alto de competição. Logicamente, a profissionalização mudou este conceito. E os treinos provam os limites físicos do desportista de elite. 

Esta ausência de perigo, fez com que fosse um desporto ideal como complemento a uma vida sedentária e, sobretudo, uma prática muito recomendável com o passar do tempo, já que a ausência de impacto beneficiava a longevidade na prática desportiva. Outros desportos associados com a saúde como o atletismo são muito mais duros para as articulações devido a esse impacto que mencionamos antes. 

Essa suavidade de gestos, também facilita que a sensação de esgotamento não seja tão grande como noutras disciplinas desportivas.

Conforme foi avançando no tempo, também se foi comprovando os elementos positivos da natação e o desenvolvimento psicomotor das crianças, além da sua coordenação geral. De fato, agora existe uma grande porcentagem de crianças que realizam algum desporto sendo um par de dias por semana, natação. 

É muito importante que antes de nos pormos a nadar piscinas e piscinas, dominemos bem a técnica. Devemos pedir ajuda a um monitor não só para aprender. Quando abandonamos está atividade durante muito tempo, ao realizar-se num elemento estranho como é a água, perdemos a nossa técnica. Tudo o que não se treina, se desaprende. Portanto, devemos colocar-nos nas mãos de um especialista que, além de nos indicar exercícios que provavelmente já conheçamos, nos corrija os vícios posturais. 

A natação como soporte da reabilitação 

Também se usa a natação para a recuperação de lesões, mas a aplicação correta para a recuperação de diferentes lesões, também sofreu avanços. Antigamente ouvíamos: nadas durante X tempo e ficas bom. Mas esta mentalidade mudou. Cada lesão requer um tratamento especial na piscina

No entanto, não quer dizer que nadar seja o primeiro passo para a recuperação de uma lesão. Há alturas em que é recomendado começar a caminhar e alongar. Noutras, pode ser recomendável começar a trabalhar no ginásio (bicicleta, fortalecimento). Como tal, a ordem correta dos passos deve ser consultada com o teu médico. 

Uma vez que este planifique a tua recuperação, quando chegues à piscina deves começar, a não ser que já nades habitualmente, por melhorar a tua técnica. Recorre a pranchas e barbatanas e deixa-te aconselhar por um monitor de natação

Nem todos os estilos valem para tudo. O teu fisioterapeuta ou médico vai aconselhar-te o que mais te convenha para que te recuperes rapidamente. 

  • O estilo livre. Devem abster-se os pacientes que sofram de artrose cervical. As mulheres com muito peito devem executar o estilo especialmente bem tecnicamente, pode aumentar a sua curvatura da coluna dorsal. 
  • Bruços. Muito cuidado para quem tem dores lombares. A força que se realiza com os braços e com as pernas converge nessa zona. Não é recomendável para problemas de joelhos, já que os impulsos com as pernas podem agravar a lesão. Com nadadores com artrose da anca pode dar-se a mesma situação. 
  • Costas. É um exercício muito adequado para mulheres com muito,peito. Assim como para nadadores com muita curvatura lombar. Não deve ser praticado por pacientes com dores nos ombros e cotovelos. Se temos artrose cervical podemos utilizar um "churro" para relaxar essa parte é nadar este estilo. 
  • Mariposa. Um estilo nada recomendado para reabilitação. É a modalidade mais brusca. De fato, uma execução técnica que não seja perfeita, pode provocar diferentes lesões. 

Com a natação, regra geral, trabalhamos todos os grupos musculares, o que ajuda a não que perdamos totalmente a forma geral. Aporta-nos e mantém a capacidade aeróbica, que é sempre importante para uma boa forma física. Nesta caso torna-se chave a ausência de impacto numa superfície dura que implica a natação, para não ter entraves no nosso caminho para a boa forma. 

A natação é um exercício perfeito para nos recuperarmos de quealquer dor, mas para que seja eficaz, coloca-te sempre nas mãos de profissionais.

Virgin Active
#AlwaysDiscovering

Comentários ()