Esta página web usa cookies para que possas desfrutar de uma ótima experiência de usuário e para que possamos entender como usas a web. Se consentes o uso de cookies para esta página web, continua a navegar com normalidade. Podes encontrar mais informação sobre as cookies que usamos e configurar o seu uso visitando a nossa página de configuração de cookies.

Blog

Gadgets desportivos: hand grip

Andamos sempre atrás das novidades no campo dos wereables que prometem um melhor rendimento no nosso desporto, da app e dos quantificadores que acabam de sair ou da tecnologia que trabalha os nossos músculos desde um novo ângulo. Mas hoje, vamos examinar um pequeno aparato, que já deves ter visto muitas vezes e que, quiças, tenhas cometido o erro de ignorar.
 
É um erro muito comum e uma pena, porque é a chave para mais força e também um remédio para as lesões mais habituais. E não, não é o típico exagero do marketing, pois além disso é muito económico e podes encontrá-lo em qualquer parte. 
 
Trata-se do hand grip, esse pequeno aparato que serve para exercitar as mãos apertando e soltando. É como um pequeno quebra-nozes com as duas pegas acolchoadas e uma mola que exerce resistência quando o pomos na nossa mão e tentamos fechar a mão.
 
Com ele treina-se a força de agarre e os músculos do antebraço, que atuam juntamente com a mão no movimento de apertar. 

Porquê se subestima

Um hand grip é algo tão simples e barato que pensamos que não serve para muito, que não é mais do que um brinquedo.
 
E é um erro e subestima-se porque há um desconhecimento de como funciona o nosso corpo e dos princípios de geração de força

A importância do agarre em força

Há uma maneira de melhorar, instantaneamente, o peso que somos capazes de levantar em qualquer exercício. Deveras que não é um exagero. Essa forma é melhorando a potência do agarre.
 
Pavel Tsatsouline, um dos maiores especialistas na matéria, antigo construtor das forças especiais soviéticas e o introdutor das kettlebells ou pesos russos no Ocidente, revela esse segredo no seu livro Power to the people
 
Aí explica que, quando agarramos a barra de pesos que queremos levantar, a apertamos tudo o que podemos, como se quiséssemos triturá-la em pedaços. Uma vez feito isto, procedemos com o exercício. 
 
Quando demostrava este simples truque a levantadores de pesos profissionais, não era raro que pudessem juntar nesse instante cinco quilos mais ao que conseguiam levantar.
 
O segredo está no que se chama irradiação: quando uma pessoa aperta forte o punho e tensa os músculos abdominais e os glúteos, pode exercer mais força que quando está relaxado. A sua conclusão é ensinamento é claro: se queres aumentar a tua força, aumenta a força do teu agarre.
 
No entanto, este é um treino muito subestimado, que podemos realizar facilmente em casa com um hand grip. Como complemento ao que realizamos no ginásio entre sessões, é ideal. Melhorando a potência do agarre podemos voltar a acometer a nossa rotina habitual, aplicar esta técnica e ver como os nossos números sobem. 

A importância de exercitar o elo débil da cadeia

Toda a gente sabe que as dominadas são um dos melhores exercícios para todo o trem superior do corpo. É um exercício que indica claramente a força relativa de uma pessoa e o seu nível de fitness. No entanto, como bem saberás não são fáceis e muita gente tem problemas com elas, não porque os seus dorsais estejam pouco desenvolvidos, mas porque o elo mais débil da cadeia é o agarre.
 
Aqui podes empregar o mesmo truque de antes: agarra a barra de dominadas como se desejasses parti-la em dois ou reduzi-la a pó, tensa o abdómen e os glúteos e executa o exercício. Se já és capaz de fazer umas quantas, não será raro que consigas fazer mais uma ou duas repetições na tua primeira série. 
 
Agora algo que desconhecem muitos dos que têm problemas com as dominadas: em diversas ocasiões o agarre falha antes que os músculos das costas, e é por isso que a muitos lhes custa fazê-las, inclusive quando têm as costas bem desenvolvidas. 
 
Uma cadeia é tão forte como o seu elo mais débil e o corpo é o que se chama uma cadeia cinética, que se move em conjunto. Muita gente vê-se limitada nas suas dominadas devido ao agarre, já que este se cansa antes dos músculos principais, de maneira que estes não se trabalham em todo o seu potencial
 
O mesmo se passa com outro dos reis do exercício, o deadlift ou levantamento de peso morto. Não interessa a variação que se use, muita gente não desenvolve todo o seu potencial porque o seu agarre se cansa antes dos músculos principais. 
 
É isso soluciona-se com o gadget de que falamos hoje. Melhorar o agarre treinando-o com um hand grip permite-nos reforçar esse elo débil da cadeia que os outros ignoram. 

A importância do agarre para evitar lesões

Cotovelo de tenista, cotovelo de jogador de golf… Ainda que não pratiquemos estes desportos, um treino inadequado no ginásio pode produzir os sintomas e, se não os tratamos, derivar nestas lesões. 
 
De acordo com o legendário Charles Poloquin, estas lesões são causadas por ratios de força desequilibrados entre os músculos do ombro e os do antebraço.
 
Se os flexores do cotovelo, como os bíceps e braquialis, são demasiado fortes para os flexores do antebraço, uma tensão descompensada acumula-se nos tecidos moles e há dor no cotovelo. 
 
E como trabalhar o antebraço? Com um simples hand grip.

A importância do agarre nos desportos

Nem faz falta dizer que para certos desportos, como o jiu-jitsu, grappling ou MMA, a força de agarre é fundamental e está muito pouco treinada, algo que podemos resolver também. Exatamente o mesmo que ocorre noutros desportos como o ténis, o golf ou o beisebol, nos quais temos de agarrar algo com força. 

Vantagens do hand grip

As vantagens para treinar o agarre com ele são inúmeras:
  • É barato, pequeno e transportável.
  • Podes encontrá-lo em qualquer parte.
  • Podes treinar com ele em qualquer momento e lugar, enquanto vês televisão ou inclusive nos momentos mortos no trabalho. 

Se queres melhorar qualquer exercício, melhora o agarre e se queres melhorar o agarre, usa um hand grip regularmente. Nunca nada tão simples produziu tanto benefícios.

Virgin Active
#AlwaysDiscovering

Comentários ()