Esta página web usa cookies para que possas desfrutar de uma ótima experiência de usuário e para que possamos entender como usas a web. Se consentes o uso de cookies para esta página web, continua a navegar com normalidade. Podes encontrar mais informação sobre as cookies que usamos e configurar o seu uso visitando a nossa página de configuração de cookies.

Blog

Como perder gordura abdominal

Exercícios para perder peso

Como se sabes, o aumento de massa gorda pode dever-se a muitos factores: sexo, idade, alimentação, condicionamento físico, fatores hormonais, etc. Todos estes fatores influenciam direta ou indiretamente o aumento de gordura no nosso corpo.

Hoje em dia é inquestionável a importância do exercício físico como um dos fatores predominantes para quem quer perder a tão indesejada barriguinha. Ora diz-me, sabes como perder gordura através do exercício físico, ou por outras palavras, sabes qual o treino mais eficaz para perder gordura?

Primeiro, uma das formas de perder gordura de forma mais eficaz e contínua prende-se com o tipo de treino que se realiza.

Existem duas componentes do treino que são eficazes para isso:

  1. Componente cardiovascular
  2. Componente muscular


Vamos então por partes. Qual o principal papel do trabalho muscular? Aumentar o metabolismo basal e consequentemente o seu gasto calórico em repouso. E o trabalho cardiovascular? Ora bem, tratando-se de um tipo de trabalho contínuo, permite-nos adaptações na fibra muscular que irão refletir num maior gasto direto de gordura corporal através do movimento muscular.

Como podemos tornar o nosso treino efetivo e como podemos perder gordura a partir deste tipo de treino?

Devemos balancear muito bem o trabalho cardiovascular com o trabalho muscular pelas razões já referidas acima. Quer um quer outro são indispensáveis para quem procura perder gordura, e por isso não devemos esquecer nenhum deles.

Muitas pessoas pensam que só pelo facto de fazerem abdominais é suficiente para perder gordura abdominal. Eu digo-lhes que o treino muscular geral (e não só abdominal) vai dar-lhes ainda mais resultados sólidos, por isso, para além das aulas de CORE, façam um treino muscular geral (tronco, pernas, braços).

Na Virgin Active conseguirás perder a gordura abdominal tão indesejada através do melhor aconselhamento por parte dos nossos especialistas. Não te esqueças que a regularidade é essencial, por isso procura um bom ritmo de treino semanal e evita as paragens prolongadas, pois podem atrasar-te no teu caminho para o sucesso.

Aconselha-te hoje mesmo junto dos nossos instrutores e verás que perder gordura abdominal não será tão difícil como pensas.

Por último quero só deixar mais uma dica: controla bem a alimentação e verás que os resultados serão ainda mais rápidos. Só tens que ter a atitude certa! Pensa nisto.

Filipe Marinho
Fitness Manager Virgin Active Gaia

Comentários (10)

Diana

Enviado el

Olá:)

Tenho pouquíssima resistencia cardiovascular, assim que inicio o treino o meu ritmos cardíaco sobe muito e consequentemente fico imediatamente cansada, desta forma torma-se mais dificil perder estas gorduras a mais.

o que devo fazer? Responder

Filipe

Enviado el

Olá Diana,

A sua baixa resistência cardiovascular deve-se principalmente ao facto do seu corpo ainda não estar habituado a esse estímulo de treino. O aumento de massa muscular aliado a um treino treino cardiovascular é preponderante para atingir o seu objetivo.
Lembre-se que o motor do seu corpo é o músculo, por isso você necessita de o desenvolver para a ajudar a perder essa gordurinha a mais.

Cumprimentos. Responder

Filipa

Enviado el

Boa tarde

Qual sera o melhor treino para a barriga, gluteos e pernas?
Peço desculpa mas nunca gosto do plano de treino que me fazem pq tem sempre muita musculaçao.

obrigada Responder

Filipe

Enviado el

Olá Filipa,

O melhor treino para trabalhar barriga, glúteos e pernas é sem dúvida o treino muscular.
Se de facto não se sente tão motivada para trabalhar nas máquinas, equilibre um pouco com aulas de tonificação, tais como Global Training, Body Pump, V-Core ou V-Power Glúteo, por exemplo.
De qualquer modo siga o conselho dos nossos especialistas, visto que é a melhor maneira de atingir bons resultados.

Cumprimentos. Responder

Patrícia

Enviado el

Olá,
Não sei se vou ser demasiado longa mas a verdade é que, apesar de andar no ginásio, me sinto completamente perdida a nível de treino.
Apenas consigo ir 2 vezes/semana mas faço 45 min de passadeira, 30 de bicicleta e tento fazer abdominais e um pouco das outras máquinas de braços e pernas.
Acontece que o peso não baixa (de referir que tenho feito dieta).
Sinceramente não sei o que fazer. Comecei por 30 min na passadeira. Aumentei porque comecei a conseguir correr e aguentar mais tempo. Agora já me sinto novamente mais cansada....
Enfim...tantas dúvidas...
Será que me pode dar umas dicas? Responder

Filipe

Enviado el

Olá Patrícia,
Tal como referido no artigo, o aumento de massa gorda pode dever-se a vários fatores para além do próprio treino. Os fatores genéticos, tais como os hormonais, por vezes são um obstáculo maior para atingirmos o nosso objetivo de forma mais rápida.
Referindo-me ao treino em si, a Patrícia deveria treinar no mínimo 3 vezes por semana de forma a ter resultados mais rápidos e fiáveis.
No entanto, o facto de não baixar o peso não é sinal que não esteja mais magra, pois você pode ter aumentado a massa muscular e ao mesmo tempo baixado a massa gorda, mantendo o seu peso constante.
Se puder marque uma avaliação física junto dos nossos instrutores para podermos ter acesso a esses pormenores.

Cumprimentos, Responder

Nuno castro

Enviado el

Boa tarde eu já estou a treinar a um ano , cheguei a perder 15 kg , passei de 100 kg para 85 , mas depois ganhei 6 kg , eu não estou mais gordo , sinto isso nas roupa.Eu treino 2 horas e 30 minutos de segunda a sábado .Corro 30 minutos na esteira e faço mais 30 de bicicleta , depois faço 1 hora de musculação e meia de abdominais 10 exercicios com repericoes de 30 o meu problema é que não consigo tirar os famosos " pneus" .O que me aconselha a fazer obrigado Responder

Filipe

Enviado el

Olá Nuno,
A perda de massa gorda não depende apenas do treino em si, mas sim também de outros fatores que se complementam com este. Um dos fatores que tem um peso primordial na perda dos famosos "pneus" prende-se com o tipo de alimentação que você faz. Uma boa alimentação aliada a um bom treino dão-lhe um empurrão enorme para atingir o seu objetivo.
Aconselho o Nuno a consultar-se com um/a nutricionista desportivo/a de forma a obter o melhor programa alimentar para o seu tipo de treino.

Cumprimentos. Responder

Su.

Enviado el

Boas noites! Tenho 18 anos e faz um mês desde que entrei no ginásio. Vou três vezes por semana, em todas elas faço 15 minutos de passadeira e 15 minutos de elíptica e faço treino de musculação para pernas, braços, ombros, peito, abdominais e cintura para ajudar tonificar e a realçar formas mais femininas. Noto um bocadinho de diferença só nos braços (--') e esta maldita barriguinha não se quer ir embora! Mais tenho a assinalar que não como carne senão peixe, a minha alimentação é rica em fibras (consumimos muitos vegetais)e só uma vez por semana jantamos pizza com snacks, refrigerantes e chocolates. Responder

Virgin Active Portugal

Enviado el

Olá Su.

Antes de todos os conselhos que te possamos dar, queríamos dar-te os parabéns pela tua dedicação e compromisso na adoção de um estilo de vida ativo e saudável.
Quanto à tua questão, queríamos ressalvar a importância de procurares aconselhamento junto de um instrutor. Primeiro verificaremos como estão os teus parâmetros de composição corporal e a partir dai, tendo como pano de fundo os teus objetivos, construiremos um plano de treino o mais especifico e ajustado possível. Esta especificidade na construção de um programa de treino é determinante para garantir que tudo o que fazes respeita a tua integridade articular e neuromuscular e potencia o teu desempenho para que possas atingir os teus objetivos. Esperamos por ti. Até já!

PS. Podes indicar-nos em que clube estás a treinar para que possamos entrar em contacto contigo. Responder