Esta página web usa cookies para que possas desfrutar de uma ótima experiência de usuário e para que possamos entender como usas a web. Se consentes o uso de cookies para esta página web, continua a navegar com normalidade. Podes encontrar mais informação sobre as cookies que usamos e configurar o seu uso visitando a nossa página de configuração de cookies.

Blog

Desporto como treino para a felicidade

felicidade

Está tecnicamente provado, basta que te ponhas a praticar desporto, que o incorpores na tua rotina diária como treino para que vás ganhando automaticamente esse bem-estar que te acompanhará durante todo o dia. É um beneficio inatingível, um aporte desde o físico até ao psíquico e emocional. Como em muitos aspetos, o inatingível costuma ser o mais importante. Se desde o físico, pode ajudar-te a equilibrar aspetos psicológicos, a prática deste converte-se num todo, absolutamente recomendável para o teu dia a dia.

Colocando o teu corpo em movimento despertas a química necessária para que todos os processos internos do teu organismo se executem da melhor forma. Ao fim e ao cabo, já sabes que somos química, a todos os níveis.

As tuas emoções, o ânimo para enfrentar o teu dia a dia, tudo é um processo químico. A relação positiva entre pessoas nasce da química adequada. Vejamos como atua o desporto para desencadear a química do teu bem-estar e da tua felicidade em ultima instância.

A química do desporto

A melhor terapia anímica que podes seguir é a prática regular de desporto. Se além disso o fazes com um seguimento específico e ajustado às tuas possibilidades e características anatómicas, estarás a favorecer o equilíbrio perfeito entre o físico e o psíquico.

A ativação dos teus músculos leva a muito mais que o mero desgaste de calorias e o ganho de bem-estar corporal. A sensação mais palpável que descobrirás à primeira vista, além da notável melhoria do teu aspeto físico, é um relaxamento do corpo e uma libertação de tensões diárias. Conforme avanças na prática do desporto, comprovas também como dispões de mais energia no dia a dia. Ganhas em capacidade de trabalho e melhoria do teu rendimento, enfrentas os desafios com maior entusiasmo e menor negatividade. No fundo sabes que a tua atitude está associada à prática do desporto, mas nem sempre é fácil acertar e definir como se consegue esse efeito final.

A realidade é que o desporto vai muito mais além da tonificação do teu corpo, a ganância de elasticidade e força dos teus músculos pode servir-te no dia a dia para que te movimentes com mais agilidade. Além de te divertires com a prática do teu desporto favorito, consegues inúmeros benefícios extras.

Porque detrás destes ganhos evidentes que podes vincular com o teu bom estado de forma, existem outros elementos que também intervêm de forma determinante. O desporto desperta no teu interior diferentes processos químicos, como algumas hormonas que o exercício se ocupa de despertar e ativar como grandes protagonistas.

Vejamos como o desporto ajuda o teu corpo a gerar essas substâncias tão necessárias para o teu equilíbrio total:

Endorfinas ou a felicidade de fazer desporto

O acompanhamento fisiológico do teu corpo quando te inicias na prática de desporto transforma-se num processo completo de reação para todos os teus órgãos e tecidos. Nessa reação primária libertam-se estas endorfinas, uma espécie de opiáceos naturais que o teu hipotálamo recebe de bom grado e se encarrega de armazenar e distribuir. Desta maneira, frente a qualquer circunstância, a tua mente terá sempre disponíveis estes neurotransmissores que se traduzem em otimismo e energia positiva..

Dopamina ou como o desporto te conduz ao prazer

Com o exercício também ajudas o teu corpo na fabricação de dopamina, uma hormona muito importante que influencia a motivação, o humor, a aprendizagem, a atividade motora, a atenção. Quando o teu cérebro dispõe desta hormona convertida em enlace para cada ação, conseguirá reger cada ação da melhor maneira. Tem especial relevância nas sensações vinculadas com o prazer. Não podes prescindir dela se queres encontrar no teu dia a dia esse gosto por todas as coisas pequenas.

Serotonina, o desporto como caminho para o bem estar

Quando fazes desporto, costumas descansar bem. Isto é uma realidade facilmente comprovável, algo quase matemático. Crês que tudo se deve ao fato de que acabas cansado, que libertas energia e por isso o sono chega de uma maneira mais profunda e reparadora. Claro que o cansaço, a libertação de energia física ajuda a conciliar o sono, mas mais relevante é que tenhas ajudado o teu cérebro a alcançar este estado de relaxamento. Com a atividade física também produzes esta hormona chamada serotonina. Uma vez que fomentas a sua produção natural e o teu corpo a sintetiza tanto no teu cérebro como no teu intestino, estás a ajudar a inibir toda a forma de tensão que conduz a estados emocionais agressivos. Graças a esta hormona descansas melhor, ou seja, que não é unicamente o fato de que ao fazer desporto te canses, também a química complementa esse relaxamento final.

A química necessária dos seres vivos

O certo é que estas funções complementares que se despertam no teu corpo com a prática de desporto são um processo natural e primário que sempre nos acompanhou como seres vivos. O teu corpo esta feito para se movimentar. O seu estado natural, salvo nos períodos de sono, é a atividade contínua. Os nossos estilos de vida atuais, mais sedentários, não ajudam nesse despertar orgânico necessário.

A oxigenação dos músculos, dos teus órgãos, das tuas células converte-se nessa chamada ação, com tudo o de bom que o nosso corpo gera para o processo. Quanto mais pratiques desporto, mais favoreces o correto funcionamento da tua química essencial.

Se esta ativação natural do teu corpo está acompanhada do próprio prazer de praticar um desporto; da predisposição positiva por esse agradável esforço regular; e terminas por assumir os benefícios físicos inerentes; acabarás entendendo todo o bem que fazes por ti quando praticas desporto.

Além dos aspetos químicos já indicados no que se refere ao teu estado mental, muitos outros processos químicos intervêm de maneira direta durante a prática de desporto. Que os teus músculos se encontrem perfeitamente tonificados, que os teus ossos se conservem tão fortes por fora como no seu melhor nível de porosidade interna, que os teus órgãos desempenhem as suas funções em pleno rendimento, que a tua pele conserve a sua elasticidade. És todo química e o desporto é o melhor instrumento para aproveitá-la.

Virgin Active
#AlwaysDiscovering

Comentários ()