Esta página web usa cookies para que possas desfrutar de uma ótima experiência de usuário e para que possamos entender como usas a web. Se consentes o uso de cookies para esta página web, continua a navegar com normalidade. Podes encontrar mais informação sobre as cookies que usamos e configurar o seu uso visitando a nossa página de configuração de cookies.

Blog

Body Pump: como tirar maior proveito das aulas de grupo

body-pump

O Body Pump é uma das aulas de grupo que tem mais seguidores no ginásio. Isto deve-se ao fato de ser um treino do mais completo, pois numa aula exercitam-se todos os grupos musculares. Além disso, é um exercício no qual se combina o trabalho muscular com o aeróbico, de modo que o que se consegue por um lado é queimar calorias, e por outro tonificar a musculação. 

Uma aula de Body Pump consiste numa espécie de coreografia acompanhada de música na qual se levantam pesos, mas ao contrário de outras disciplinas desportivas, o trabalho realiza-se em séries de muitas repetições. 

Este treino tem muitos benefícios, tais como a tonificação muscular de todo o corpo, algo que se deve ao fato de ser um exercício global. A isto se une o fato de que a estruturação da aula, as repetições e descansos favorecem a perda de gordura e o ganho de força muscular. Já para não falar da diversão, ao serem aulas de grupo e marcadas pela música o ambiente costuma ser muito positivo e animado, favorecendo tanto a vontade de treinar como as relações entre companheiros de suor. 

Mas, apesar de tudo, é habitual que não tiremos todo o proveito que podemos do treino de Body Pump. Com frequência, cometemos erros que não nos permitem treinar corretamente.mpara evitá-lo bastanseguir uma série de simples conselhos, que passamos a citar:  

Elege bem o peso

Um dos erros mais habituais na aula de Body Pump consiste na eleição incorreta do peso. É muito frequente pensar que podemos realizá-la com a mesma carga com a que treinamos na sala de musculação, mas não podemos estar mais enganados. 

Deve ter-se em conta que a aula é longa, pois tem uma duração de uma hora, e durante a mesma vamos fazer uma grande quantidade de repetições, razão pela qual o peso terá de ser inferior ao que utilizamos fora da aula.

Definitivamente, esta tem de permitir que terminemos a aula de forma que não estejamos demasiado sobrecarregamos nem que nos  seja demasiado simples. Devemos saber o peso ideal para treinar. 

Cuida a execução dos movimentos

A realização correta dos exercícios é a chave para o treino. Devemos fazê-los sempre como o instrutor nos indica e seguir à letra todas as suas indicações. Os equívocos fazem com que o nosso esforço tenha um impacto menor e podem causar lesões importantes. Por isso devemos seguir sempre o marcado. Também podemos colocar-nos de forma a poder controlar os nossos movimentos com a ajuda dos espelhos existentes nos estúdios. 

Pede ajuda ao monitor

O instrutor atesta aí para nos ajudar, razão pela qual devemos recorrer a ele quando necessitemos. Quer seja para encontrar a carga de peso correta para nós ou para esclarecer uma dúvida de execução de movimentos. Ele conhece bem a matéria e também nos conhece a nós, como tal é a pessoa mais adequada para nos aconselhar. 

Cumpre os tempos e as repetições 

No Body Pump as repetições são marcadas pelos tempos. Estes indicam-nos a velocidade a que devemos realizar os movimentos. Podem ser em 4, em 3, em 2 ou em 1. Ainda que pareça estranho, isto significa apenas a velocidade à qual o vamos fazer, pois o que indica são os segundos que demoraremos. É essencial respeitar estes tempos, pois deles deriva boa parte da eficácia do treino. 

De igual forma também não devemos saltar nenhuma repetição e, muito menos, alguma parte do circuito. Cada aula está desenhada de uma maneira muito precisa para obter verdadeiros resultados, e se não a fizermos estaremos a tirar impacto à aula.

Supera-te a ti próprio 

As aulas de grupo de Body Pump têm uma coreografia que dura três meses. Isto tem como finalidade que a possamos memorizar e aperfeiçoar a sua execução. Uma vez que já a tenhamos dominada e conheçamos os exercícios na perfeição, devemos desafiar-nos a nós próprios e aumentar o peso que utilizamos durante a aula. Seria um erro ficarmos estancados com o mesmo peso e não tentarmos  melhorar. 

Hidrata-te

Ter água sempre à mão durante o exercício é algo básico que não,podemos esquecer. No decorrer da aula vamos suar e perder muitos líquidos, que vamos ter de repor. Uma boa opção podem ser as bebidas isotónicas, que também nos aportam sais minerais para a nossa recuperação. 

Alonga

Não te esquecas dos alongamentos. Depois de uma aula de Body Pump, o nosso corpo está cansado e os nossos músculos contraídos devido ao esforço que realizaram, e com os alongamentos ajudamo-los a relaxarem-se. Além disso, favorecem também a tonificação e os resultados serão maiores se os levamos a cabo.

Partilha o momento com os teus companheiros

Um dos principais benefícios das aulas de grupo é que podemos comparti-lãs com outras pessoas. O fato de socializar e partilhar a nossa experiência com outros companheiros é sempre mais enriquecedor. Podemos aprender muito com eles e o bom ambiente  da aula é muito motivador. Um grupo onde haja boa relação treina melhor e com mais ânimo. 

Alterna as sessões 

É importante saber quando temos de treinar e quando necessitamos descansar. Organizar as nossas aulas e não sobretreinar é algo fundamental. Se sobrecarregamos os nossos músculos, estes deixarão de progredir e os nossos esforços no ginásio não servirão para nada. 

Uma das atividades físicas mais completa

Definitivamente, o Body Pump é uma das atividades mais benéficas e simples que podemos realizar no ginásio. Mas, como em tudo na vida, devemos ter em conta alguns aspetos na altura de treinar, pois estes podem condicionar a eficácia e os resultados do nosso treino. Para evitar equívocos, devemos ouvir sempre os nossos instrutores, pois eles são quem melhor nos vão aconselhar na altura de nos exercitarmos e a tirar a melhor versão de nós próprios.

Virgin Active
#AlwaysDiscovering

Comentários ()