Esta página web usa cookies para que possas desfrutar de uma ótima experiência de usuário e para que possamos entender como usas a web. Se consentes o uso de cookies para esta página web, continua a navegar com normalidade. Podes encontrar mais informação sobre as cookies que usamos e configurar o seu uso visitando a nossa página de configuração de cookies.

Blog

Aulas de grupo Bike Club Outdoor

bike-outdoor

O ciclismo tem muitas vantagens, é saudável, acessível, divertido, barato, respeitoso com o clima e eficiente desde o ponto de vista energético. Se necessitas de mais razões, lê este artigo sobre os benefícios do ciclismo para averiguar porque as aulas de grupo de bike club outdoor são o melhor exercício possível.

A bicicleta põe o nosso corpo em movimento como uma engrenagem. Utilizam-se vários grupos musculares ao pedalar, utilizando cinco pontos de contacto. Em primeiro lugar, as mãos no guiador, depois os pés nos pedais e por fim a pélvis no selim. As pernas e as nádegas, com o seu movimento cíclico, proporcionam a força motriz, enquanto o tronco dá a estabilidade tanto ao ciclista como à bicicleta.

Os braços e os ombros contraem-se para manter a posição do sistema.

Se és novo no ciclismo, deves concentrar-te no fortalecimento de todos estes conjuntos de músculos através de diversos exercícios. De fato, é um erro comum, especialmente nos principiantes, centrar-se na parte inferior do corpo. Isto produzirá fatiga à parte superior do corpo e a experiência não será satisfatória.

Se desejas transformar o desporto ao ar livre numa atividade habitual, deves compreender que é essencial desenvolver todo o teu corpo duma maneira harmoniosa, centrando-te em todos os grupos musculares e não apenas em alguns.

Também deves ter em conta que o ciclismo é um desporto de resistência que utiliza o corpo como um meio. O ciclismo pode definir-se como um desporto global porque os músculos interagem entre eles para transmitir a potência aos pedais, manter o equilíbrio e resistir contra a força da gravidade que nos faria cair. Cada músculo tem uma função determinada e a compreensão desta atividade pode ajudar-te a avaliar as tuas fortalezas e melhorar as tuas debilidades.

Principais grupos musculares involucrados no ciclismo:

Pernas: como podes imaginar, as pernas fazem o trabalho sujo. Transferem a energia emitida pelos músculos aos pedais e proporcionam a força móvel. Basicamente, quando pedalas, a articulação da anca alonga-se e flexiona-se ciclicamente, enquanto os joelhos se movimentam numa espécie de oito alargados. Os tornozelos giram para permitir que pedales enquanto os músculos apertados estão a trabalhar para criar a energia que será transmitida aos pedais. A tarefa de pedalar é finalizado pelos músculos das canelas.

Pescoço, ombros e braços: normalmente, esquecermo-nos que os músculos do pescoço estão expostos a muita tensão durante o ciclismo, já que mantêm a posição da cabeça. Sem um treino adequado, os músculos do pescoço sofrem e endurecem enquanto tentam superar a força da gravidade. Por esta razão, muitos ciclistas queixam-se de dores no pescoço. Os ombros, por outra parte, suportam o peso da cabeça e do pescoço, proporcionando estabilidade ao puxar pelo guiador. Finalmente, os braços controlam a direção é proporcionam estabilidade, absorvem também as vibrações transmitidas pela roda dianteira.

Peito, abdómen e costas: a maior parte das vezes, os músculos do tórax contraem-se para suster o esforço dos braços e dos ombros e para manter o equilíbrio, especialmente nas subidas e durante os sprints. Por esta razão, ainda que não pareça, os músculos do peito estão sempre ativos quando se faz ciclismo. Os músculos do abdómen estão involucrados em manter o equilíbrio, juntamente com os músculos das costas. No entanto, deves saber que os músculos das costas também trabalham para conseguir o movimento dos pedais. Os músculos lombares também são muito importantes para conseguir o equilíbrio e a estabilidade.
Além de todos os benefícios que oferece o movimento, o ciclismo tem muitos mais benefícios para a saúde que merece a pena mencionar. Estes são alguns dos mais importantes:

Redução de stress: o ciclismo reduz o stress e diminui os sintomas de depressão. Como todos os outros desportos, o ciclismo estimula a produção de endorfinas. Esta hormona reduz a fatiga e a dor e tem um efeito positivo no estado de ânimo. Por outro lado, subir a uma bicicleta aumenta a energia e melhora o estado mental, portanto, os que praticam o ciclo regularmente não só mantêm em forma o corpo, mas também têm uma aparência mais jovem que os que não praticam nenhum desporto. Por último, o ciclismo é uma atividade ao ar livre que tem mantém em contacto com a natureza, o que pode reduzir ainda mais o stress.

Controlo de peso: o ciclismo está indicado para quem quer perder peso ou simplesmente manter o peso atual. Quantas calorias se queimam durante uma sessão de ciclismo? Isto depende de como pedales e durante quanto tempo, mas se manténs um bom ritmo, provavelmente sejas capaz de queimar até 500 calorias numa hora. No entanto, se desejas conseguir um bom resultado em termos de perda de peso, deves andar de bicicleta regularmente. Tem em conta que só com uma atividade física regular e com uma correta nutrição, serás capaz de perder peso. Além disso, também fortalecerás os músculos das costas que participam na manutenção da postura, portanto, a coluna também beneficiará deste desporto. Na realidade, devido à posição particular que se tem de manter durante o ciclismo, o desporto está indicado para aqueles que sofrem de moléstias na coluna vertebral, como dores na parte inferior das costas.

Proteção para o coração: o ciclismo é um desporto excelente que pode ser praticado por quem queira prevenir doenças cardíacas, incluindo pessoas com mais idade que queiram manter o seu coração em boa forma. O músculo cardíaco aumenta a tua força e resiste mais, sob fatiga, quando se realiza uma atividade física constante. Além disso, o ciclismo também aumenta a capacidade de ventilação pulmonar, aumentando o nível de oxigénio e otimizando o consumo de açúcar. Estes aportam benefícios adicionais ao coração, sem mencionar que os sistemas vasculares e linfáticos globais desfrutam dum melhor fluxo sanguíneo e linfático.

Virgin Active
#AlwaysDiscovering

Comentários ()