Esta página web usa cookies para que possas desfrutar de uma ótima experiência de usuário e para que possamos entender como usas a web. Se consentes o uso de cookies para esta página web, continua a navegar com normalidade. Podes encontrar mais informação sobre as cookies que usamos e configurar o seu uso visitando a nossa página de configuração de cookies.

Blog

Alimentação antes e depois da prática de exercício físico

Alimentação antes e depois do exercício físico

Quem acha que pode obter bom resultado ao realizar exercício sem se preocupar com a alimentação, ou até mesmo ficar em jejum antes de um treino engana-se.

Uma boa dieta faz toda a diferença para melhorar a nossa predisposição para o treino, pois se comermos de forma correta podemos perder gordura extra, ou seja na recuperação do corpo depois de muito exercício.

Quando treinamos sem comer, podemos até perder peso, mas os quilos perdidos não são da gordura, e sim de músculo. Sem a alimentação adequada, o organismo não tem energia para praticar a atividade e, como os músculos e os órgãos vão precisar de uma fonte de energia, o corpo retira essa energia do músculo. Portanto o ideal é que se faça um lanche leve para não se sentir demasiado pesado.

Antes do treino, o ideal é escolher alimentos com baixo índice glicémico, como pães integrais, cereais ou frutas. Estes alimentos têm digestão mais lenta, portanto o açúcar será liberado no organismo aos poucos, mantendo a energia constante.

Os alimentos com alto índice glicémico, como pão branco, bolachas, açúcar refinado, bolos e tortas, podem levar a sintomas de hipoglicemia -  queda brusca de açúcar. Estes alimentos são digeridos num espaço curto de tempo e o açúcar vai entrar rapidamente no sangue.

Normalmente, os sinais da hipoglicemia são tontura, fadiga, tremores e dores de cabeça durante o exercício. O ideal, então, é consumir alimentos de baixo ou médio índice glicémico de 1 hora a 40 minutos antes do treino

Depois do treino, o alimento ideal para recuperar a massa muscular perdida durante o exercício é a proteína. Com isso, é possível prevenir lesões e melhorar o rendimento no treino seguinte. Alimentos proteicos como peito de peru, queijo branco, ricota, iogurte, leite, carnes magras e soja desempenham muito bem essa função, de preferência até uma hora após o treino para que o corpo recupere o que foi usado durante o mesmo.

Por isso alimente-se bem, pois essa é a melhor forma de obter grandes resultados, seja qual for o seu objetivo!

Ana Vieira
Life Consultant Gaia

Comentários (2)

Jo Souto

Enviado el

Muito interessante! :) Responder

Ana

Enviado el

Obrigada por explicarem os pro menores principais que é sobretudo a alimentação :) Responder